Dieta das ruas: Curitiba também merece!

Neste excelente vídeo vemos como o compartilhamento de ideias pode ser muito últil e enriquecedor. Alargar as calçadas diminui a distância para o pedestre atravessar a rua, simples. Limitar as ruas à uma faixa por mão reduz a velocidade da via, pois aí quem dita o ritmo é o motorista prudente que obedece as regras de trânsito. O apressadinho ficará condicionado à velocidade dos que respeitam o limite de velocidade, simples também.

Esta reopção de planejamento viário, somada a oferta de um transporte coletivo de qualidade e a preços justos, poderiam mudar a realidade do trânsito em Curitiba. Mas, infelizmente, não será na gestão de Gustavo Fruet que veremos nossa cidade ser novamente um modelo de inovação e vanguarda urbanística. Precipitado dizer isto de uma administração que nem completou 3 meses de vida? Bem, pelo que foi a audiência “pública” sobre o preço da passagem do ônibus em Curitiba, já dá para ter uma noção de quem continua dando as cartas na URBS e nos rumos da capital paranaense.

Os donos do circo continuam os mesmos. Mudam apenas os intérpretes que contam as mesmas piadas. E nós, os palhaços, continuamos na plateia.

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Dieta das ruas: Curitiba também merece!