Calçadas de Curitiba

Gostaria de falar das calçadas de Curitiba, pode parecer que foge um pouco da temática do site, mas não deixa de tratar da mobilidade urbana adequada, é que o que todos queremos, além de  que todos somos em algum momento pedestres, independente do veículo que utilizamos.

Muitas obras e “melhorias” nas calçadas de Curitiba estão sendo feitas: principalmente a substituição dos famigerados  petit Pavé:

Típica calçada Curitibana

Amadas por alguns, odiadas por outros,  causando uma certa polêmica, pois muitos defendem que é uma característica histórica da cidade que deveria ser preservada. Já li que a prefeitura irá manter esse tipo de calçamento em determinados pontos históricos, mas também é inquestionável que estas calçadas não são as mais seguras para se andar, principalmente em dias de chuva, já esse novo tipo de pavimento utilizando pequenos blocos de concreto vários especialistas alegam que é mais ecológico e de fácil manutenção e instalação e bem mais seguros.

Mas a questão não é essa, pois independente do piso a ser colocado, deve ser colocado de maneira adequada, o problema é que não estão sendo feitas as devidas guias rebaixadas para pedestres, cadeirantes, idosos, pessoas com problema de locomoção etc, que teoricamente deveriam ser obrigatórias em todos os cruzamentos, mas como podemos ver não estão sendo feitas:

Cadê as guias rebaixadas?

O que já vi acontecer em alguns pontos da cidade: primeiro fazem as calçadas, colocam os meio-fio “normais”, e depois de um tempo, vem outros operários, quebram tudo e colocam a guia rebaixada.

Alguém me diz como é que um cadeirante faz para atravessar a rua e subir na calçada? pula?

Não sei se é falha, mais uma daqueles “pequenos detalhes” que não estavam no projeto original, culpa da empresa que venceu a licitação da obra,  como a prefeitura alega em casos do gênero, ou se é má-fé mesmo, só para superfaturar as obras e gastar mais dinheiro ainda com a posterior “manutenção” e correção das “falhas do projeto” , só sei que é um desrespeito aos pedestres e pessoas que necessitam desse tipo de acesso, e mais uma prova de que  a prefeitura só faz obras favorecendo o trafego de carros e negligencia os pedestres, cadeirantes, etc,  pois os meio-fios de perfil baixo e  devidos acessos estão lá em todas as entradas de veículos, estacionamentos, etc, porque não estão nos cruzamentos e acessos de pedestres?

UPDATE!

Como eu já estava prevendo, exatamente no cruzamento em questão, na ultima semana começaram os “pequenos ajustes” do projeto, estão sendo feitas as guias rebaixadas:

é isso ai, vamos quebrar o que acabou de ser feito e colocar a guia!

Sinceramente eu não entendo, gostaria que algum engenheiro da prefeitura me explicasse qual é a dificuldade em se construir as guias junto com as calçadas, pois para mim isso seria equivalente a construir um muro na frente de casa, e depois quebrar um pedaço para fazer o portão, ou construir uma parede e depois quebrar para fazer a janela, só sei que alguem tem que pagar por este retrabalho, quem será que paga essa conta?

 

 

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Calçadas de Curitiba