Por Um Trânsito Vivo

Enquanto muitos sonham com carros para si próprios, eu sonho com ciclovias dignas para todos!! Enquanto as pessoas estão escravas dos seus próprios carros, eu sonho com liberdade para todos!! Muitos são enganados e por um carro trabalham até tarde, deixando de se relacionar com sua família e amigos. Muitas vezes estes mesmos carros que em suas propagandas prometem vida, na realidade tiram-na ao encher os pulmões das pessoas de gases tóxicos ou a entrar em choque com pedestres. Tais produtos que em suas propagandas prometem mais contato com a natureza, através de sua poluição provocam o efeito estufa e a destrói. As mesmas que prometem certa liberdade ao comprador, na realidade o escraviza em congestionamentos infernais que o leva ao estresse e à ansiedade, retirando ainda mais de sua preciosa vida.

Há pouco tempo vimos cenas da grande barbárie que ocorreu em Porto Alegre onde tal estresse provocado por este mesmo trânsito, fez de um Golf uma “bola de boliche humano” que saiu derrubando os ciclistas que lutavam por um pouco mais de espaço na cidade. Dou graças a Deus por sua proteção aos militantes desta nobre causa. O que poderia ter sido uma tragédia tornou-se um megafone que deu uma forte voz para os cicloativistas, fazendo que o clamor deles fosse escutado no Brasil e no mundo. O assassino usando o seu carro como arma tentou destruir, mas fortaleceu. Semelhante com o ocorrido na história, quando mártires no Coliseu em Roma, foram devorados por leões por professar a sua fé sem medo, dando assim grande testemunho a todos que observavam a sua morte e com isto fortalecendo a fé cristã, os ciclistas que naquele momento foram atropelados sofreram a dor de se lutar pelo bem de todos.

Enquanto as pessoas não pararem de inventar desculpas para não pegarem suas bicicletas, tais como: “na minha cidade chove demais, eu suo demais usando bicicleta, o tempo é muito seco para eu andar de bike, o trânsito está muito violento para ir pedalando” e tantas outras, não haverá humanização no trânsito.Não haverá a paz que se teria ao usar a “magrela”. Enquanto as pessoas viverem acorrentadas à sua bolha de vidro e de metal, vão continuar isoladas sem ter contato com o próximo e sem poder ajudar aqueles que precisam. A sociedade vai continuar com esta falta de amor para com o outro. Tenho absoluta certeza que não é esta vida louca que Deus quer para as pessoas. A vida que Deus propõe é uma vida de paz e ar limpo.

Escrito por André Belletti Romero

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Por Um Trânsito Vivo